Temos de usar criatividade para minimizar os impactos da crise.

Presidente se encontrou com empresários no Ciesp de São José do Rio Preto

 

O momento de dificuldade financeira deve ser encarado, mas é preciso ter criatividade para encontrar meios de atenuar os impactos provocados pela crise econômica, afirmou nesta sexta-feira (26/6) o presidente da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), Paulo Skaf.  E uma alternativa, segundo ele, são programas de incentivo ao microempreendedor, como o Inova Sebrae, uma parceria do serviço com o Senai que estimula a criação de novos negócios de micro e pequeno porte.

“É um grande programa entre Senai e Sebrae no sentido de darmos oportunidade a pessoas para montarem o seu negócio com a formação profissional do Senai. O intuito é gerar oportunidade a essas pessoas que estão perdendo emprego, estamos fazendo de tudo”, disse Skaf, que também é presidente do Sebrae-SP, após se reunir com empresários da região de São José do Rio Preto.

Paulo Skaf conversa com empresários no Ciesp de São José do Rio Preto. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

O Sebrae Inova atende aos setores de economia, agronegócio, comércio, indústria e serviços. Além do Senai, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) também são parceiros do programa que capacita novos microempreendedores.
Empregos ameaçados

Skaf voltou a afirmar que a economia brasileira deve encolher pelo menos 2% este ano, enquanto a indústria deve amargar uma queda de 6%.

“Lamentavelmente, estamos num período de crise econômica. É inevitável isso não influenciar na questão do emprego”, disse.

Ele reiterou que as entidades continuam “combatendo qualquer aumento de impostos, de juros, de coisas que vão agravar ainda mais a situação”.

 

Agenda

Ainda em São José do Rio Preto, Paulo Skaf assinou o convênio para desenvolvimento e formação esportiva do Programa Sesi-SP Atleta do Futuro (Paf) com cinco municípios da região.

Paulo Skaf fala antes de assinar o convênio do PAF com cinco municípios de São José do Rio Preto. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

As prefeituras de Bady Bassit, Cedral, Guapiaçu, Ipiguá e Uchoa formalizaram a parceria com o Sesi-SP para o desenvolvimento esportivo de 1.520 crianças e adolescentes.  O convênio foi assinado no Centro de Atividades Sesi Jorge Duprat Figueiredo.

Em Bady Bassitt, o programa atenderá 320 alunos com a prática de futsal e futebol. Em Cedral, 325 alunos serão beneficiados com vôlei, futsal e capoeira. O futsal também será a modalidade praticada por 180 crianças e jovens de Guapiaçu. Ipiguá terá 385 vagas para natação, vôlei, futsal e futebol. Em Uchoa, 310 alunos praticarão natação, futsal e voleibol.

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

 

Fonte: www.ciesp.com.br

Mais Lidas

IMAGE
A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal...
IMAGE
A EDG Equipamentos e Controles está realizando hoje e...
IMAGE
Prezado leitor, Veja os destaques: Economia Brasileira FOCUS: Queda...
IMAGE
Terceirização não barateia custo, mas busca...

Apoio: